Grade Compartilhada para geração de demanda no canal médico

Há 26 anos atuando no mercado brasileiro, a Pharmexx Brasil é pioneira em oferecer soluções associando serviços e plataformas adaptados às necessidades de cada cliente, com foco na efetividade e especializada em serviços e soluções para o segmento Healthcare.

Uma das soluções, já bastante difundida na Europa e Estados Unidos, é a Grade Compartilhada para geração de demanda no canal médico. A gestão e governança dos projetos são responsabilidade da Pharmexx Brasil. Chamados de “syndicated teams” na Europa, os projetos com grades compartilhadas, permitem ampliar o impacto promocional e ganhos de mercado com significativa redução de custos às empresas participantes.

Grade Compartilhada

As grades compartilhadas est­ão projetadas para a divulgação de quatro produtos e admitem somente um produto por Classe Terapêutica, ou seja, os espaços na grade são limitados.

Conheça dois projetos lançados pela Pharmexx em 2019

Divulgação Odontologistas

O primeiro projeto começou em agosto deste ano e será concluído em julho de 2020. A divulgação para Odontologistas através da grade compartilhada atenderá 12 praças, divididas entre São Paulo Capital, Campinas, Curitiba, Distrito Federal, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. No total, serão 36.300 visitas divididas em 9 mil ciclos.

Divulgação Pediatras

Este projeto também será executado no período de um ano. Porém, começou no início de setembro indo até o final de agosto de 2020. A divulgação para Pediatras atenderá 23 praças divididas entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Pernambuco, Goiás e o Distrito Federal. Sendo efetuadas 74.500 visitas durante 8.300 ciclos.

Essas ações melhoram e agilizam os resultados, tornando possível reduzir custos e otimizando a relação custo benefício para as empresas em todo o Brasil.

Conheça outras soluções oferecidas pela Pharmexx: serviço de Televendas, estudos de Setorização (deployment) e também Roteirização através de algoritmos, além de estudos qualitativos, assim como identificar a prioridade das indicações de balconistas nas classes terapêuticas trabalhadas por região ou mesmo setores.


Para maiores informações contate: