Shopper Centricity – Experiência do consumidor no Varejo Digital

Com a ascensão do comércio eletrônico desde o início da pandemia, atrair compradores, aumentar número de vendas e reter seus consumidores se tornou um dos principais objetivos das grandes marcas.

Você sabe como influenciar positivamente e aproximar os shoppers que buscam por produtos ou serviços no varejo digital? Se não, precisamos falar sobre o Shopper Centricity.

Shopper Centricity é normalmente aplicado ao mundo off-line. Com mais e mais consumidores comprando no varejo online, as marcas estão mudando seu foco de marketing de consumidor para o mundo digital.

O que é Shopper Centricity?

De forma objetiva, shopper centricity é a compreensão de como melhor envolver e influenciar os consumidores ao longo da jornada. Para funcionar, os profissionais precisam dos dados certos disponíveis para melhorar sua tomada de decisão.

Apesar de não ser uma tarefa fácil que possa ser realizada muito rapidamente, as marcas que são capazes de identificar e preencher suas lacunas de dados, poderão definir chamadas estratégicas que podem fazer diferença na hora de encantar o shopper.

Neste mesmo contexto, shopper centricity também  significa remover todas as barreiras possíveis à conversão. Essas barreiras são os gatilhos negativos que impedem que o consumidor fique satisfeito com a experiência oferecida.

Alguns exemplos de barreiras operacionais são a entrega, formas de pagamento e custos de envio. Também temos as barreiras psicológicas e não racionalizadas pelo comprador que também podem interferir neste processo de compra.

Um fato interessante sobre a pandemia da COVID-19 é que as pessoas se tornaram mais conscientes.

Então se você vende produtos que as pessoas precisam, saiba que está em uma posição melhor que muitas outras marcas.

A mudança de mentalidade das marcas

Quando falamos sobre os hábitos dos consumidores, é importante frisar que as organizações precisam sair desse conceito emergente de apenas vender e focar no ponto crítico de entender melhor como centralizar as ações nos seus clientes, aumentando a demanda de seus produtos e ganhos no market-share.

Você sabia que 71% das empresas não têm um canal de suporte efetivo? Esse problema se torna mais agravante quando 4 em cada 10 das marcas adotam estratégias off-line e não desenvolvem nenhum tipo de experiência online e sob medida para o cliente final.

O conceito de Shopper Centricity não é nada novo, porém é necessário entender como ele funciona melhor no mundo online.

Os shoppers marketers têm como tarefa fornecer a melhor experiência enquanto identificam e nutrem os segmentos que consideram mais valiosos da empresa.

Na prática, isso significa compreender o shopper e suas necessidades ao longo da jornada com sua marca, ou seja, centralizar suas ações personalizadas também no mundo online.

A importância dos dados no Shopper Centricity

Sabemos que manter o comprador em mente é o foco do shopper marketing por décadas, por isso é necessário a mudança de mentalidade que comentamos acima para alcançar os consumidores de hoje.

Para ter sucesso no varejo digital é preciso utilizar uma abordagem de marketing centrada no cliente, combinada com a agilidade organizacional e estratégica.

Existem diversos benefícios para adotar uma abordagem baseada em dados, veja abaixo:

Criação e otimização de produtos

Não é segredo que quando você conhece melhor seu cliente, pode desenvolver os produtos certos para ele.  Ter os dados corretos pode garantir que sua estratégia de entrada no mercado seja otimizada no início da concepção do produto.

Estratégias de negócios e marketing

A clareza vem dos dados certos e fornece a direção certa. Ao se tornarem mais centradas no cliente, as marcas terão mais confiança em suas tomadas de decisão e uma linha do site mais clara para onde estão indo.

Otimização e redução de pontos problemáticos dos clientes

Não adianta apenas estar alinhado com o shopper, é preciso descobrir a melhor forma de vender pra ele. O que leva a fazer suas compras? O que posso fazer para evitar uma experiência negativa?

As marcas precisam pensar de uma maneira granular e aí sim, alinhar ao comprador.

Por isso é tão importante auditar as fontes de dados para entender quais podem ser utilizados para o shopper centricity, ações centralizadas no consumidor.

Além disso, os dados podem ajudar a identificar os parceiros que precisam de ajuda em pontos específicos da jornada.

Lembra o que falamos sobre a lacuna de dados? Vamos reforçar, afinal somente preenchendo as lacunas de dados sua marca será capaz de manter o foco no cliente de forma assertiva.

Caso você queira entender de forma mais detalhada todo ecossistema do varejo e o impacto digital nesse momento, confira o Webinar - Shopper Centricity - Foco na Experiência do Shopper no Varejo Digital.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais e continue acompanhando a Pharmexx para aprender tudo sobre o segmento da saúde no Brasil.

Até a próxima!